Ir direto para menu de acessibilidade.
Portal do Governo Brasileiro
  • Acessibilidade
  • Alto Contraste
  • Mapa do Site
  • PortugueseEnglishSpanishChinese (Simplified)FrenchGermanItalian
Página Inicial > Notícias > Estudantes aprendem sobre organização de eventos em atividade prática
Início do conteúdo da página Notícias

Estudantes aprendem sobre organização de eventos em atividade prática

Atividade prática faz parte do cronograma de ensino aos estudantes do curso técnico em eventos do Campus Caxias.
  • Assessoria de Comunicação
  • publicado 17/04/2018 10h29
  • última modificação 17/04/2018 10h29

Na manhã do último sábado (14), estudantes do curso técnico em Eventos do Instituto Federal do Maranhão (IFMA) Campus Caxias participaram de atividade prática no Mirante do Museu da Balaiada, em Caxias.  A atividade, que foi organizada por Lisiane Bezerra, professora mediadora presencial, contou com a colaboração de Vanessa Bastos, coordenadora do curso, e Maria Antônia da Silva, professora da disciplina Cerimonial, Protocolo e Etiqueta em Eventos. Conforme explica Lisiane, a atividade “permitiu aos estudantes vivenciar os conteúdos da teoria por meio da organização e execução de eventos. Dessa forma, os alunos conheceram os preparativos para solenidade de inauguração de uma obra pública, quem são os profissionais envolvidos e a importância de papel do organizador e cerimonialista na condução e preparação de todo evento”, destacou a professora.

No primeiro momento, os estudantes assistiram à aula teórica sobre o atual cenário do profissional de eventos. “Nessa aula explicamos sobre os tipos de eventos, a importância desse profissional e o roteiro da solenidade da inauguração dessa grande obra que é o Mirante da Balaiada”, explicou Lisiane Bezerra. Logo em seguida, a diretora do museu, Mercilene Barbosa Torres, contou sobre a história do Morro do Alecrim. “Esse local tem grande importância histórica para o município. É um potencial turístico local, pois, com certeza, haverá uma grande quantidade de visitantes para o Mirante da Balaiada e os futuros eventos receberão grandes demandas”, destacou a professora.  Após, os estudantes seguiram para visita pelo Museu da Balaiada. A atividade foi finalizada com visita ao complexo turístico Mirante da Balaiada. “Nessa parte, mostramos os principais pontos de montagem de toda estrutura do evento”, finalizou Lisiane.

A atividade foi bem avaliada por todos que participaram. Para a coordenadora do curso, a atividade foi importante, pois “além dos estudantes conhecerem a sistemática de organização de um evento, puderam conhecer ainda sobre a história e cultura local”. Já aluna Camila Ravena Prado avaliou “como uma oportunidade única de entender como aturarei no futuro. E o mais importante, saber que vou poder atuar aqui mesmo na minha cidade.”.

O curso técnico em Eventos é ofertado na forma concomitante ao Ensino Médio na modalidade a distância, por meio do Programa Nacional de Acesso ao Ensino Técnico e Emprego (Pronatec). “O Campus Caxias está rompendo barreiras e transformando vidas por meio da oferta de cursos na modalidade a distância”, é o que acredita o diretor-geral do Campus Caxias, João da Paixão Soares, citando que unidade do IFMA na Região dos Cocais está presente atualmente, além de Caxias, em Aldeias Altas e Senador Alexandre Costa com polos de educação a distância. “O curso técnico em Eventos está sendo ofertado nessa modalidade [a distância] graças ao apoio do Centro de Referência em Tecnologias, Educação a Distância e Programas Especiais (Certec). Estamos utilizando as tecnologias para diminuir dificuldades de tempo e espaço, atendendo a uma crescente democratização do ensino”, disse o diretor-geral, citando que a oferta de cursos nos municípios circunvizinhos impulsiona a formação humana e o desenvolvimento econômico da região.

O Mirante da Balaiada  –  Inaugurado oficialmente no sábado (14), está situado no Morro do Alecrim, ao lado do Memorial da Balaiada, valorizando o monumento símbolo das ruínas do Quartel da Balaiada, movimento revolucionário ocorrido em Caxias no século XIX. Além de ser o ponto turístico mais elevado da cidade, o espaço também se transformou no mais novo cartão postal de Caxias, com Parque Turístico (que concentra área de lazer, jardim botânico, praça de alimentação e quiosques para a comercialização do artesanato local), Casa de Leitura e Biblioteca, minizoológico, córrego artificial e serviço de internet gratuito para os visitantes. O local está sinalizado com placas. Nas trilhas é possível a leitura de versos de poetas caxienses.

registrado em:
Fim do conteúdo da página