Ir direto para menu de acessibilidade.
Portal do Governo Brasileiro
Página Inicial > Notícias > Aula inaugural marca início de licenciaturas a distância
Início do conteúdo da página Notícias

Aula inaugural marca início de licenciaturas a distância

Cursos de Pedagogia e Formação Pedagógica são ofertados em parceria do Campus Caxias com o CERTEC, no âmbito da Universidade Aberta do Brasil.
  • Assessoria de Comunicação
  • publicado 01/11/2018 15h14
  • última modificação 01/11/2018 15h14

Na segunda-feira (22), a aula inaugural dos cursos de licenciatura em Pedagogia e Formação Pedagógica marcou uma nova etapa na trajetória formativa para 80 estudantes de Caxias e região dos Cocais. A oferta dos cursos é de responsabilidade do Instituto Federal do Maranhão (IFMA) Campus Caxias em parceria com o Centro de Referência Tecnológica (CERTEC), no âmbito da Universidade Aberta do Brasil (UAB).

Estiveram presentes à solenidade o diretor-geral do Campus Caxias, João da Paixão Soares; a coordenadora do curso de Pedagogia, Waldirene Pereira Araújo; o coordenador do curso de Formação Pedagógica, Francisco das Chagas Oliveira; e Virna Teixeira, coordenadora do Polo Caxias.

Dando as boas-vindas aos novos estudantes, o diretor-geral explicou sobre a oferta dos cursos em rede por institutos federais. “Essa é uma ação que envolve vários institutos federais, com o intuito de promover conhecimentos e saberes técnicos e tecnológicos, atendendo às necessidades formativas do Maranhão”, disse. João da Paixão explicou ainda sobre o funcionamento da instituição, destacando que a parceira do campus com o CERTEC possibilitou a oferta dos cursos.

Virna Teixeira destacou que “o IFMA tem sido uma das maiores referências de ensino no Maranhão, cujos cursos são notadamente reconhecidos por sua qualidade. Em Caxias, vamos ter então mais uma oportunidade de formar novos profissionais na área da educação”, disse a coordenadora, citando que formação será favorecida pelas características da educação a distância, como a flexibilização de horários e autonomia nos estudos. “E é importante frisar que tudo isso, com a qualidade assegurada pelo trabalho exitoso que o IFMA de Caxias, em especial, vem ofertando. Esperamos que essa parceria renda, ano após ano, bons frutos e que possamos contribuir para o desenvolvimento social da nossa região através da melhoria de nossa educação”, ponderou Virna.

Ao todo, o IFMA oferta 400 vagas divididas em sete Polos de Apoio Presencial: Açailândia, Barra do Corda, Caxias, Imperatriz, São Luís, Timbiras e Viana. No Polo Caxias, 40 vagas são para Formação Pedagógica, e 40 para Pedagogia. O curso de Formação Pedagógica é destinado a pessoas que possuem um curso superior em bacharel ou tecnólogo. É o caso de Ana Roberta Lima de Miranda, professora do Campus Caxias e engenheira agrônoma. “Minha formação é bacharel. Então, durante a graduação, acabei não vendo disciplinas na área de educação. Vou aproveitar essa oportunidade para aprimorar minha atuação docente. Acredito que essa licenciatura vai me ajudar bastante a melhorar as aulas e compreender essas questões mais pedagógicas”, comentou.

Laiane Cunha Ferreira é ex-aluna dos cursos de licenciatura em Ciências Biológicas e da especialização em Educação e Ciência do Campus Caxias. Agora, Laiane Cunha vai cursar Pedagogia. “Estou muito feliz em retornar ao IFMA, instituição que me propiciou uma excelente formação durante a minha graduação e especialização”, confessou. “Participar da aula inaugural foi de suma importância para o esclarecimento de algumas dúvidas a respeito do curso, principalmente no que diz respeito à carga horária. Acredito que o curso vai corresponder às minhas expectativas, que é complementar de forma significativa a minha formação”, disse a aluna. E acrescentou. “Após a minha primeira graduação, senti uma vontade imensa de estudar Pedagogia, logo me identifiquei muito e percebi que existe um leque de oportunidades para atuar no mercado de trabalho”, comentou Laiane Cunha.

Os coordenadores dos cursos finalizaram o evento explicando sobre o funcionamento de cada licenciatura, destacando as possibilidades de atuação do egresso, além de apresentar a plataforma de acesso ao curso.

A diretora do CERTEC, Simone Santos, lembrou que os estudantes da modalidade a distância precisam desenvolver e aperfeiçoar algumas características que o permitam organizar tempo e espaço para as atividades que serão propostas pelos professores. “É importante lembrar ainda que, durante o curso, os alunos serão acompanhados por profissionais qualificados que farão todo o processo de mediação pedagógica pela plataforma virtual  e nos momentos presenciais”, ponderou Simone Santos.

Fim do conteúdo da página