Ir direto para menu de acessibilidade.
Portal do Governo Brasileiro
  • Acessibilidade
  • Alto Contraste
  • Mapa do Site
  • PortugueseEnglishSpanishChinese (Simplified)FrenchGermanItalian
Página Inicial > Notícias > Livro sobre educação inclusiva é lançado em Caxias
Início do conteúdo da página Notícias

Livro sobre educação inclusiva é lançado em Caxias

Fruto de trabalhos de pesquisa na especialização em Diversidade Cultural na Educação, a obra reúne ainda pesquisas de professores do Campus.
  • Assessoria de Comunicação
  • publicado 11/03/2019 18h04
  • última modificação 11/03/2019 19h31

No último sábado (09), professores do Instituto Federal do Maranhão (IFMA) Campus Caxias promoveram o lançamento do livro “Educação inclusiva: abordagens críticas e reflexivas”, no Memorial Balaiada, em Caxias/MA. O evento reuniu servidores, empresários, estudantes, integrantes da Associação dos Deficientes Físicos de Caxias (Adefic), representantes de instituições de ensino superior, escritores, poetas, imortais da Academia Caxiense de Letras, membros da Academia Sertaneja de Letras, Educação e Artes do Maranhão (Asleama), representantes da Secretaria de Cultura, Patrimônio Histórico, Esporte, Turismo e Juventude e da Secretaria Municipal de Educação, Ciência e Tecnologia. O livro, que leva o selo da Editora Garcia, foi organizado pelos professores Cecília Regina Galdino Soares, Paulo Henrique Franco Rocha, Rodrigo Maciel Calvet e Waldirene Pereira Araújo.

Fruto de trabalhos de pesquisas desenvolvidas pelos especialistas da segunda turma do curso de pós-graduação em Diversidade Cultural na Educação, o livro reúne ainda pesquisas de professores do campus e seus objetos de estudo. A professora Waldirene Araujo destaca que os textos apresentados objetivam refletir criticamente sobre a complexidade das questões postas pela diversidade social e cultural e a situação da escola reunir condições para se posicionar frente às desigualdades sociais. “É importante evidenciar a reflexão crítica e reflexiva sobre a construção do olhar do pesquisador, considerando que o processo de pesquisa resulta de fina e apurada percepção do mundo, sistematizado pelo exercício de interpretativo das relações socialmente construídas para compreendê-las e inferir na sua constituição”, destaca.

Sob orientação do professor João da Paixão Soares, a aluna Shyrmênia Alexandre Mendes escreveu um artigo sobre os desafios na prática docente e evasão na modalidade de Educação de Jovens e Adultos (Eja). “Sinto-me extremamente feliz e honrada em contribuir com meu artigo”, confessou. Sobre o artigo, a aluna explica que aborda a evasão, um dos principais desafios dessa modalidade. “Por se tratar de alunos adultos, trabalhadores, que trazem consigo um conhecimento de vida pouco reconhecido pela sociedade e comunidade escolar, muitos acabam abandonando a escola. Tentar mudar essa realidade é um dos meus objetivos de vida”, disse Shyrmênia Mendes. Logo após a conclusão da especialização no Campus Caxias, a aluna disse que aceitou o desafio de assumir a pasta da EJA na Unidade Regional de Educação de Caxias (URE). “Os conhecimentos que tive durante a pesquisa apliquei no meu serviço. Lá, dentre as diversas ações, ofertamos capacitação para os educadores da Eja. A intenção sempre foi contribuir para que esse alunado consiga intervir de modo consciente na esfera pública, participando plenamente da vida cultural e contribuir para melhoria de suas condições de vida em sociedade”, afirma Shyrmênia Mendes, especialista em diversidade cultural na educação.

O aluno Fernando Carvalho Aguiar, do curso de licenciatura em Química, compareceu ao lançamento e adquiriu um exemplar. “A temática do livro será importante para minha futura atuação docente”, pondera o aluno.

Paulo Carneiro faz parte da Associação dos Deficientes Físicos de Caxias. No evento, ele destacou a importância do livro. Em sua visão, a obra pode contribuir para que as pessoas com deficiência sejam vistas e aceitas em todos os lugares. “As pessoas com deficiência ainda têm dificuldades com a aceitação em estar em determinados locais, principalmente numa cadeira de rodas”, declarou. “Eu convidei vários colegas cadeirantes e cegos, mas infelizmente não puderam comparecer. Foram muitas as desculpas, mas, me arrisco a dizer que o verdadeiro motivo é não se sentirem à vontade em locais públicos”, aponta Paulo. “Após ler o livro, espero que cada leitor entenda e respeite as diversidades existentes em nossa sociedade”, frisa.

O diretor-geral do Campus Caxias, João da Paixão, participou do evento. Em seu discurso, o diretor destacou que a obra versa sobre uma temática instigante na perspectiva da valorização da inclusão, permanência e êxito nos contextos educacionais mais amplos. “Esta segunda obra do IFMA Campus Caxias representa, sobretudo, o fruto de sensibilidades e trajetórias de autores e coautores árduos e lutadores por uma educação multicultural, inclusiva e antidiscriminatória”, argumenta João da Paixão, frisando que, em 2017, a unidade do IFMA de Caxias lançou o livro “A valorização da diversidade. Uma missão impossível?”, na Academia Caxiense de Letras.

Os interessados podem adquirir o livro na Diretoria de Desenvolvimento Educacional (DDE) da unidade de ensino. Além disso, a obra está disponível em versão digital e pode ser acessada de forma gratuita na página do curso.

registrado em:
Fim do conteúdo da página