Ir direto para menu de acessibilidade.
Portal do Governo Brasileiro
  • Acessibilidade
  • Alto Contraste
  • Mapa do Site
  • PortugueseEnglishSpanishChinese (Simplified)FrenchGermanItalian
Página Inicial > Notícias > Dia do Meio Ambiente é comemorado com exposição
Início do conteúdo da página Notícias

Dia do Meio Ambiente é comemorado com exposição

Atividade foi organizada por estudantes de Ciências Biológicas, sob a coordenação do professor Daniel Veras.  
  • Assessoria de Comunicação, com informações do campus
  • publicado 21/06/2019 11h37
  • última modificação 21/06/2019 11h37

No dia 5 de junho é comemorado o Dia Mundial do Meio Ambiente. Anualmente, o Instituto Federal do Maranhão (IFMA) Campus Caxias celebra a data. E, no dia 06 de junho, estudantes da turma 4 do curso de Ciências Biológicas promoveram uma exposição de pesquisas relacionadas às ciências ambientais no auditório central. O evento foi coordenado pelo professor Daniel Veras, da disciplina Ecologia Aplicada.

Daniel Veras destacou que a atividade tratou sobre as questões ambientais e trouxe inúmeras inquietações quanto ao tema, assim como trabalhou a interdisciplinaridade. “Essa atividade é de fundamental importância para a sensibilização das pessoas, bem como para a formação profissional, uma vez que as pesquisas foram realizadas em diferentes contextos socioambientais, de forma a tentar compreender e/ou resolver demandas da sociedade, que é um dos objetivos na formação cidadã dos acadêmicos. Além disso, divulga pesquisas científicas que vêm sendo desenvolvido no IFMA”, ponderou.

Na oportunidade, os professores Aciel Tavares (geografia), Carlos Jardel Araújo (geografia), Guilherme Lustosa (biologia) e Régia Reis Gualter (biologia) atuaram como avaliadores dos trabalhos apresentados. “Ao todo, foram 5 trabalhos desenvolvidos em equipe. A ideia foi fazer com que os alunos atuassem em equipe na divulgação das pesquisas e sensibilização quanto aspectos relacionados ao meio ambiente”, complementou Daniel Veras.

“Essas atividades são de grande importância acadêmica e, sobretudo, social, pois no atual contexto há uma grande preocupação em torno do meio ambiente e dos impactos negativos da ação do homem sobre ele”, afirmou a coordenadora do curso de Ciências Biológicas, Régia Gualter.

Estudantes dos cursos técnicos de nível médio acompanharam as apresentações.  Ao final, a aluna Thamires Santos Oliveira, do curso técnico em Agropecuária, disse que o evento serviu de motivação para seguir a área. “Este ano farei o Enem e meu objetivo ficou mais claro, que é passar em Biologia”, declarou. A troca de experiência e oportunidade de socializar as pesquisas empolgaram os acadêmicos do curso superior.  “Como futura professora, essa exposição serve para mostrarmos aos nossos colegas do Ensino Médio o que estamos produzindo. O feedback deles nos proporcionou um amadurecimento profissional e acadêmico”, ponderou Maria Fernanda Ferreira.

Após as palestras, ocorreu, no hall de entrada do Campus, uma exposição de fotografias com registros feitos pela turma 6 de Ciências Biológicas a partir de visita técnica ao Parque Nacional (Parna) da Serra da Capivara, no Piauí, em maio. A visita foi um projeto conjunto das disciplinas Ecologia Aplicada, Fundamentos da Geologia e Paleontologia e Manejo e Conservação da Biodiversidade, com a proposta de fortalecer a relação entre o teórico e o prático no processo de ensino-aprendizagem. Na atividade, os estudantes foram acompanhados pelos professores Carlos Jardel Araújo, Daniel Veras e Régia Reis Gaulter.

 

Sobre a data

No dia 05 de junho é comemorado o Dia Internacional do Meio Ambiente, data que se refere à primeira Conferência das Nações Unidas sobre o Meio Ambiente em Estocolmo, em 1972, que teve como objetivo tratar de assuntos relacionados à degradação ambiental e como melhorar as relações do homem com a natureza na busca do equilíbrio entre o desenvolvimento econômico e redução desses impactos ao meio.

Após quatro décadas houve várias conferências e os objetivos ainda não foram alcançados devido ao embate entre os ambientalistas, estudantes e cientistas com as grandes potências e empresas multinacionais.

Atualmente o tema é abordado mais intensamente devido às mudanças climáticas relacionadas à poluição do ar, das águas e do solo, o que tem agravado o curso natural do planeta Terra. Este ano a Conferência das Nações Unidas coloca como tema para reflexão a “Poluição atmosférica” uma das principais causas do aquecimento global e destruição da camada de ozônio.

Fim do conteúdo da página