Ir direto para menu de acessibilidade.
Portal do Governo Brasileiro
  • Acessibilidade
  • Alto Contraste
  • Mapa do Site
  • PortugueseEnglishSpanishChinese (Simplified)FrenchGermanItalian
Página Inicial > Notícias > Campus recepciona novos estudantes
Início do conteúdo da página Notícias

Campus recepciona novos estudantes

Os alunos são dos cursos técnicos em Administração, Agroindústria, Agropecuária e Informática.
  • Assessoria de Comunicação
  • publicado 12/02/2020 12h50
  • última modificação 13/02/2020 09h05

O Instituto Federal do Maranhão (IFMA) Campus Caxias recebeu, na segunda-feira (10), os novos estudantes de cursos presenciais da Educação Profissional Técnica de Nível Médio da forma integrada ao Ensino Médio. A abertura oficial da programação de recepção aos calouros foi conduzida pelo diretor de Desenvolvimento Educacional, professor Raimundo Filho, e se prolongou por todo o dia. “A partir de hoje, vocês passam a fazer parte de uma instituição que é referência no Maranhão e que visa sempre à oferta do ensino público, gratuito e de qualidade”, destacou o gestor.

Em seu discurso, Raimundo Filho falou da importância do acompanhamento familiar para o êxito dos estudantes. “O esforço precisa ser conjunto para garantir uma formação técnica e cidadã. O campus sempre está de portas para as famílias. Aqui, nós temos excelentes profissionais para dar o suporte ao aluno, mas nada substitui o acompanhamento da família”, disse. E continuou. “Nós acreditamos que a educação nos dá conhecimentos técnicos e científicos suficientes para o desempenho da vida profissional, científica e acadêmica, mas é preciso também inspiração para fazer a diferença na sociedade como cidadão. Desejamos um ano letivo de comprometimento e ressignificação de valores sociais e educacionais a todos os estudantes que passam a fazer parte desta grande família chamada IFMA Campus Caxias”, concluiu.

Pela manhã, as ações contaram com a participação dos estudantes ingressantes dos técnicos em Agroindústria e Agropecuária. Já no turno da tarde, as atividades foram voltadas para os estudantes dos cursos de Administração, Agroindústria e Informática. A programação incluiu, nos dois os turnos, orientações do Departamento de Registro e Controle Acadêmico (DRCA), da Biblioteca, do Setor Pedagógico, da Coordenadoria de Assuntos Estudantis (CAE), do Setor de Apoio ao Discente e das Coordenadorias de Cursos.

Os novos estudantes

Sonhos e expectativas – O aluno Márlon Emanuel Almeida de Souza foi aprovado em 5º lugar para o curso de Administração integrado ao Ensino Médio. Ele conta que o ingresso no curso foi o primeiro passo para a concretização de um sonho. “Há muito tinha o sonho de cursar Administração. Então, vou está cursando algo que realmente gosto”, disse o aluno, destacando que a família atua na área empresarial. No primeiro dia de aula, a avó do aluno, Raimunda de Andrade Martins, e sua mãe, Luciene Martins Almeida, fizeram questão de estar presentes e não escondiam a emoção pelo ingresso de Márlon de Souza no IFMA. “Eu vim conhecer a nova escola do meu neto. Estou encantada”, disse dona Diquinha, como é carinhosamente chamada a avó de Márlon. “Como a idade não me permite vir aqui todas as vezes que eu quiser, não abri mão deste momento”, afirmou. Dona Diquinha relembrou parte de sua trajetória, que diz ser exemplo para o neto. “Saímos cedo da zona da rural. Criei meus filhos em um balcão de uma pequena mercearia no bairro Ponte, junto com meu esposo já falecido, Manoel Malaquias de Almeida. Meu filho Zizi é empresário de renome no ramo de autopeças. Então, não vamos medir esforços para concretizar o sonho de Marlon”, disse dona Diquinha. “Só sei escrever o meu nome e fazer contas de cabeça, menos a divisão”, brincou. “Mas sempre incentivei todo mundo da família a estudar e me emociono até hoje com as conquistas de cada um”, destacou.

A mãe de Márlon Emanuel conta que até tentou convencê-lo a escolher outro curso. “Mas não consegui. Eu insistir para ele cursar Informática. Dizia ‘Márlon, seus colegas todos vão para Informática, porque você também não vai?’. Mas ele sempre dizia que queria Administração”, afirmou Luciene Almeida. “Em casa, ele mostra o perfil para esta área. Márlon é quem administra minha vida”, brincou a mãe. “A primeira impressão que fica do IFMA é excelente. Não só pela infraestrutura de qualidade, mas pelo profissionalismo”, ponderou a mãe de Márlon.

Distância não diminui a vontade estudar no Instituto Federal – O Campus Caxias recebe novos alunos de Caxias, Senador Alexandre Costa, Aldeias Altas, São João do Sóter, Buriticupu, Amapá do Maranhão, Codó, Coroatá, Presidente Dutra, Buriti Bravo e Colinas. A aluna Harita Wany Ribeiro de Sousa é uma das ingressantes que faz parte desse grupo de estudantes que moram em outro município e escolheram o Campus Caxias para cursar o Ensino Médio. Ela, que mora Senador Alexandre Costa, foi aprovada para o curso de Administração. “Acredito que no IFMA vou ter uma formação completa”, afirmou. Para garantir a permanência no curso, Harita de Sousa vai poder contar com os auxílios moradias e transporte, programas da Assistência Primária do IFMA que  concedem benefícios destinados aos estudantes que se encontram em situação de vulnerabilidade socioeconômica, com a finalidade de proporcionar condições de permanência na Instituição, bem como melhorar o desempenho acadêmico e minimizar a evasão.

A responsável por Harita de Sousa, Leia Nunes Ribeiro conta que a sua decisão foi aprovada pela família. “O IFMA se destaca pelas oportunidades que oferece, pela infraestrutura disponibilizada e pelos profissionais qualificados. Acreditamos que ela cursando o ensino médio aqui estará preparada para o mercado de trabalho e para o ingresso no ensino superior”, afirmou Leia Nunes. “A presença do IFMA na Região promove o desenvolvimento educacional, social, cultural e econômico”, disse.

Com a aprovação ao curso de Agroindústria, a rotina de Antônia Mirely Pereira da Silva Azevedo também vai mudar. Ela reside no Povoado Agricolândia, município de Governador Eugênio Barros, distante cerca de 140 quilômetros de Caxias, e afirma que acredita na capacidade formativa do Campus Caxias. “Aqui terei as melhores oportunidades para os meus futuros acadêmico e profissional”, afirmou Antônia Mirely Pereira. Osmarina Pereira da Silva Azevedo, mãe de Antônia Mirely Pereira, não escondia a felicidade por sua filha ingressar em um Instituição Federal. “Ela insistiu muito para vir pra cá. Nós demos total apoio. Vê minha filha que vem do campo chegar ao Instituto Federal é motivo de orgulho”, afirmou Osmarina Pereira.

Irmãs escolhem o Campus Caxias – Sulamita Santos Vaz e Sunamita Santos Vaz dividem a mãe, o pai, a casa e agora a mesma Instituição de Ensino. A primeira a ingressar no Campus Caxias foi Sunamita em 2018 no curso de Administração. Ela conta que até tentou influenciar a irmã a seguir para o curso de Administração. “Mas não deu. Ela estava decidida a ingressar no curso de Agroindústria”, confessou Sunamita Santos.

“Vai ser uma experiência nova e boa”, afirmou Sulamita Santos. “Eu ainda estava em dúvida sobre qual curso escolher, mas após participar da Feira de Curso, optei por Agroindústria”, frisou. Ela também fez parte da 10ª turma do Pré-IFMA, curso preparatório com reforço nas disciplinas de português e matemática para candidatos do seletivo para ingressar no Ensino Médio no IFMA. “A participação no Pré-iFMA me ajudou muito. Além de me ajudar a revisar conteúdos, me deixou mais segura sobre minha escolha e também a me preparar para a prova”, afirmou Sulamita.

Dona Maria Ivonete Santos Vaz, mãe das alunas, afirma que sempre deu apoio para que as filhas estudassem no IFMA. “É orgulho para nossa família ter as duas aqui”, disse Maria Ivonete. “O IFMA é uma instituição que nos dá muito apoio e oportunidades para nossas filhas”, frisou.

“Nos sentimos honrados porque vocês optaram por cursar o Ensino Médio junto com o Técnico em nossa Instituição. Então, vamos atuar no sentido de ofertar com qualidade a educação profissional e tecnológica para que ao final do terceiro ano vocês estejam qualificados para atuação profissional nos diversos setores da economia, com ênfase no desenvolvimento socioeconômico”, enfatizou Raimundo Filho.

registrado em:
Fim do conteúdo da página