Ir direto para menu de acessibilidade.
Portal do Governo Brasileiro
  • Acessibilidade
  • Alto Contraste
  • Mapa do Site
  • PortugueseEnglishSpanishChinese (Simplified)FrenchGermanItalian
Página Inicial > Notícias > IFMA faz nova doação à UPA de Caxias
Início do conteúdo da página Notícias

IFMA faz nova doação à UPA de Caxias

Ao todo, foram doados 35 protetores faciais. O material irá auxiliar os profissionais durante o atendimento à população.
  • Assessoria de Comunicação
  • publicado 22/04/2020 18h00
  • última modificação 22/04/2020 18h00

Na batalha contra a covid-19, doença causada pelo novo coronavírus, o Instituto Federal do Maranhão (IFMA) Campus Caxias realizou mais uma ação. Desta vez, foram doados 35 de protetores faciais não descartáveis aos profissionais da Unidade de Pronto Atendimento (UPA) de Caxias. A unidade de saúde é o centro de referência para o enfrentamento aos casos confirmados da covid-19 no município.

A entrega dos protetores faciais foi realizada pelo diretor-geral do campus, professor João da Paixão, na última quarta-feira (15), em ato que contou com as presenças do prefeito do município, Fábio Gentil, do diretor da UPA, Daniel Neto, e da coordenadora geral, Juliane Danielly Santos. 

O gestor do campus destacou que esta é a terceira iniciativa do IFMA direcionada a UPA. “O Campus Caxias segue cumprindo seu papel social de aplicar os conhecimentos científicos e tecnológicos em prol da sociedade. Inicialmente, entregamos, no dia 28 de março, doze máscaras de proteção facial. No início da semana, doamos 2 mil luvas nos tamanhos médio e grande, 600 máscaras cirúrgicas, 10 garrafas de antissépticos para higienização das mãos em 500 gramas e 40 aventais cirúrgicos. Mas, logo após a confirmação de dois casos no município, sentimos o dever de doar mais equipamentos de proteção. A intenção é auxiliar os profissionais que estão na linha de frente do combate ao novo coronavírus”, afirmou João da Paixão.

Ao explicar a importância do material para os profissionais da UPA, Daniel Neto frisou a importância das ações da unidade do IFMA. “Neste momento de pandemia, o IFMA mostrou-se um parceiro preocupado em garantir a segurança da equipe da UPA de Caxias. A doação destes trinta e cinco protetores, somados aos materiais doados anteriormente, será útil para os profissionais que estão na linha de frente. Os equipamentos irão auxiliar os profissionais durante o atendimento à população neste período de pandemia provocada pelo novo coronavírus. Nós sabemos que eles não dispensam o uso de máscaras e nem dos demais equipamentos de proteção individual, mas servirão como proteção extra em ocorrências, sobretudo, nas quais houver exposição a sangue e fluídos corporais que possam estar infectados e objetos ou outras superfícies ambientais contaminadas”, disse o diretor da UPA.

O prefeito Fábio Gentil elogiou e reconheceu os esforços dos gestores, servidores e alunos do IFMA que estão se mobilizando para ajudar à sociedade no combate à pandemia. Segundo o gestor do município, essas ações rápidas e propositivas são importantes no atual cenário. “O IFMA mostra um empenho em colaborar no atendimento às demandas do município neste período de pandemia. Nós vamos ajudar no que for possível para que a instituição continue com a produção de protetores faciais e outros equipamentos de proteção para os profissionais da saúde”, afirmou. “Assim como o IFMA, as instituições devem ter em seu DNA essas iniciativas para  atender às demandas locais e regionais. Acredito que todos podem colaborar neste momento da forma como podem. Ao destacar e agradecer esta iniciativa do Instituto, reforço o pedido à população para ficar em casa e seguir as recomendações do Ministério da Saúde e  das Secretarias Estadual e Municipal de saúde”, disse Fábio Gentil.

Também estiveram presentes o professor Luís Fernando Maia, o vereador Magno Magalhães e o professor João Alberto Porto, da Universidade Estadual do Maranhão (UEMA). Conforme lembra Luís Maia, desde o início da ação, que ocorre no âmbito do projeto estratégico Fábrica de Inovação, o Campus já produziu mais de 70 protetores para estabelecimentos do setor de saúde e uso pelos profissionais que estão na linha de frente do combate ao novo coronavírus. “Para a próxima etapa, ganhamos mais um parceiro, a Faculdade do Vale do Itapecuru (FAI), que disponibilizou o laboratório de física e uma impressora 3D. Além disso, o técnico em Informática da FAI, Maurício Tomé, está nos auxiliando. Ele tem muita experiência e inclusive é ex-aluno do Campus Caxias”, contou. 

Luis Maia frisa que produção segue os protocolos definidos pela Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa), que autorizou, por meio de resolução, de forma extraordinária e temporária, a fabricação de dispositivos médicos identificados como prioritários para uso em serviços de saúde, em virtude da emergência de saúde pública internacional. “É sempre bom lembrar que o protetores são reutilizáveis. Contudo, é necessário a higienização adequada. O protetor deve estar íntegro, limpo e seco para poder ser usado outras vezes”, concluiu 

Colabore com as iniciativas do Campus Caxias

Os interessados em colaborar com as iniciativas da unidade de ensino devem entrar em contato através dos e-mails [email protected]a.edu.br (Comitê Local de Enfrentamento ao Coronavírus), [email protected] (Ronilson Pinheiro – Extensão), [email protected] (Luis Fernando – Fábrica de Inovação) ou [email protected] (Pedro Pessôa – Pesquisa).

registrado em:
Assunto(s): Campus Caxias , doação , ifma , máscaras
Fim do conteúdo da página