Ir direto para menu de acessibilidade.
Portal do Governo Brasileiro
  • Acessibilidade
  • Alto Contraste
  • Mapa do Site
  • PortugueseEnglishSpanishChinese (Simplified)FrenchGermanItalian
Página Inicial > Notícias > Protetores faciais são doados ao Hospital Regional de Caxias
Início do conteúdo da página Notícias

Protetores faciais são doados ao Hospital Regional de Caxias

Ao todo, foram doados 80 protetores faciais.
  • Assessoria de Comunicação
  • publicado 19/05/2020 10h57
  • última modificação 19/05/2020 10h57

Luis Fernando Maia, Jeferson Coutinho e João Porto, durante entrega dos protetores faciais.

O Instituto Federal do Maranhão (IFMA) Campus Caxias produziu e doou, na quarta-feira (13), oitenta protetores faciais ao Hospital Regional Doutor Everaldo Ferreira Aragão, em Caxias/MA. Inaugurada em 27 de janeiro de 2016, a unidade, que é gerenciada pela Empresa Maranhense de Serviços Hospitalares (Emserh), possui 116 leitos, dentre eles 12 de Unidades de Tratamentos Intensivos (UTIs) e recebeu mais 25 leitos exclusivos para assistência a pacientes com covid-19.

A entrega do material foi realizada pelo professor Luis Fernando Maia ao diretor administrativo do hospital, Jefferson Franklin de Almada Coutinho. Também estiveram presentes João Alberto Porto, professor da Universidade Estadual do Maranhão (UEMA), Dayany Coutinho, coordenadora de enfermagem, e Cláudia Coutinho, supervisora de leitos.

O gestor do hospital explica que o contato com o IFMA foi intermediado pela enfermeira Dayany Coutinho, após tomar conhecimento da ação. Para ele, o material atende às demandas dos profissionais da linha frente que poderão ter contatos com pacientes da covid-19. “Ao todo, serão vinte profissionais por turno no hospital. Então, a quantidade recebida atende perfeitamente nossa demanda, já que sabemos que os protetores são de uso individual e carecem de higienização adequada para uso constante. Ou seja, o protetor deve estar íntegro, limpo e seco para poder ser usado outras vezes”, ponderou Jefferson Coutinho, frisando que o material acrescenta aos equipamentos de proteção individual que a unidade dispõe em estoque.

Conforme destaca o professor Luis Maia, a produção segue no âmbito do projeto estratégico Fábrica de Inovação,  e conta com a parceria da Faculdade do Vale do Itapecuru (FAI), Prefeitura Municipal de Caixas e UEMA. “É muito satisfatório ver a ação iniciada por mim e João Porto ajudar tantos profissionais da saúde em Caxias”, confessa o professor. Esta semana, a produção de protetores faciais, também conhecidas como face shield, superou a marca de mil unidades produzidas, segundo informa Luis Maia. “Isso foi possível graças à rede de colaboradores voluntários formadas por servidores, alunos e instituições públicas e privadas. A produção segue a todo vapor e estamos conseguindo atender a vários estabelecimentos de saúde. Nos últimos dias, por exemplo, percorremos as Unidades Básicas de Saúde (UBSs) realizando a entrega dos protetores”, frisou.

A novidade para a próxima etapa será o atendimento às demandas dos municípios próximos a Caxias. “Agora, o projeto será expandido”, comemora Luis Maia. “Nas próximas semanas, vamos entregar aos profissionais que atuam nos estabelecimentos de saúde de municípios próximos a Caxias, como Aldeias Altas, Coelho Neto, Codó, Senador Alexandre Costa, São João do Sóter, Timon, Coroatá, Matões e Governador Eugênio Barros”, conclui.

 

registrado em:
Fim do conteúdo da página