Ir direto para menu de acessibilidade.
Portal do Governo Brasileiro
  • Acessibilidade
  • Alto Contraste
  • Mapa do Site
  • PortugueseEnglishSpanishChinese (Simplified)FrenchGermanItalian
Página Inicial > Notícias > Campus Caxias recebe kit ambiental da Codevasf
Início do conteúdo da página Notícias

Campus Caxias recebe kit ambiental da Codevasf

Kit faz parte de acordo de cooperação técnica e será usado em projeto de preservação e recuperação de nascentes do rio Itapecuru em Caxias e Codó.

  • Assessoria de Comunicação, com informações do campus
  • publicado 12/11/2020 10h20
  • última modificação 12/11/2020 10h20

Após celebrar acordo de cooperação técnica com a Companhia de Desenvolvimento dos Vales do São Francisco e do Parnaíba (Codevasf), o Instituto Federal do Maranhão (IFMA) Campus Caxias recebeu um kit ambiental para implementar e executar projeto de preservação e recuperação de nascentes do Rio Itapecuru nos municípios de Caxias e Codó. A parceria irá permitir também, entre outros benefícios, a recuperação natural da vegetação das áreas de proteção ambiental a médio e longo prazo, além da obtenção de diagnósticos e indicação de outras intervenções técnicas necessárias que poderão ser objeto de futuras ações da Codevasf.

O acordo prevê, entre outras obrigações da Codevasf, o intercâmbio de conhecimento, experiências e informações técnicas para elaboração e execução do projeto. Além disso, a Companhia doou um kit ao IFMA que contém diversos equipamentos, como um veículo tipo off road 4×4 para facilitar o acesso às áreas; dois receptores portáteis de GPS (navegação) para coleta da localização geográfica das nascentes, áreas de recarga e outras de interesse para o projeto; uma câmera fotográfica digital para auxiliar no registro de todas as etapas do trabalho; dois computadores e um notebook; uma impressora multifuncional; dois medidores multiparâmetros à prova d’água e outros itens. “Com isso, também será implementado mais um laboratório de pesquisa no Campus Caxias, que será útil, sobretudo, para os cursos de Química e Ciências Biológicas”, frisa João da Paixão Soares, diretor-geral e coordenador do estudo. Além dele, a equipe conta com a participação dos professores Aciel Tavares (Geografia) e Edmilson Arruda (Química), ambos do Campus Caxias. 

Após o recebimento do kit, como contrapartida, o IFMA se compromete em realizar o diagnóstico e a caracterização das nascentes, propondo intervenções técnicas para a preservação e/ou recuperação destas áreas. O projeto, segundo João da Paixão, deverá caracterizar, nos períodos secos e chuvosos, em até um ano, vinte nascentes do rio Itapecuru, sendo quatorze em Caxias e seis em Codó. “Além da equipe local, vale destacar que o IFMA Campus Codó entrou na ação e se tornou parceiro, por meio dos professores Alisson Simplicio e Mariano Anibal Rojas, que irão nos auxiliar no município”, pondera. Ainda segundo João da Paixão, o projeto terá início ainda este mês de novembro, por apresentar características do período seco. “Inicialmente, acredito que na próxima semana, vamos visitar e fazer a localização das nascentes”, afirma o coordenador. 

Conforme lembra João da Paixão, a demanda é resultado de articulação com o senador Roberto Rocha (PSDB/MA). “Em maio de 2019, recebemos o senador Roberto Rocha para uma discussão sobre o cenário da educação no Brasil. Na oportunidade, ele visitou a obra da nova biblioteca, que também é fruto de emenda parlamentar do senador”, destacou o diretor. “Após visitar a obra, nos reunimos com Roberto Rocha e apresentamos as demandas do Campus. A primeira foi este projeto aprovado junto à Codevasf por seus técnicos e pesquisadores. Entusiasmado com o projeto, de imediato, o senador se comprometeu, justificando que a ação beneficiaria a região”, frisou. “De fato o senador se empenhou para que o projeto se concretizasse. Agora, o empenho será da equipe do Campus para apresentar os resultados”, concluiu João da Paixão.  

registrado em:
Fim do conteúdo da página