Ir direto para menu de acessibilidade.
Portal do Governo Brasileiro
  • Acessibilidade
  • Alto Contraste
  • Mapa do Site
  • PortugueseEnglishSpanishChinese (Simplified)FrenchGermanItalian
Página Inicial > Núcleos de Inclusão – Neabi – Napne > Estudos Afro-brasileiros e Indígenas
Início do conteúdo da página

Estudos Afro-brasileiros e Indígenas

publicado 03/06/2015 20h47 | última modificação 20/01/2021 10h04




O Núcleo de Estudos Afro-brasileiros e Indígenas (Neabi) do Instituto Federal do Maranhão, institucionalizado pela Resolução CONSUP nº 008/2010, de 20 de janeiro de 2010, foi instituído com o objetivo de “constituir um núcleo temático, para execução de práticas pedagógicas no desenvolvimento de pesquisa, ensino e extensão voltada para o estudo da diversidade, consolidando a observância das leis 10.639/2003 e 11.645/2008”.

Objetivos

Geral

Consolidação permanente da diretrizes e demandas das comunidades Índio descendente e Afro-brasileiras para uma educação efetivamente Inclusiva.

Específicos

  • Construir um diálogo permanente entre o ensino, a pesquisa e a extensão como ferramentas para a implementação da educação intercultural;
  • Colaborar para a efetivação das Leis Nº 10.639/2003 e Nº 11.645/2008, através das ações do NEABI;
  • Estabelecer o Discussões anuais sobre a educação intercultural.

Servidores

Acesse aqui a Portaria de composição do Núcleo.

Atividades desenvolvidas

No período de 2010 a 2017, o Neabi, oficialmente, realizou sete grandes eventos com  temáticas relacionadas à Afro descendência e sete seminários sobre a temática indígena, baseados na Educação Intercultural. Além disso, o Neabi constrói anualmente vários espaços de discussões e inovações pedagógicas necessárias para superar o desfio de uma educação para e na diversidade, compreendendo várias ações que vão desde as modificações curriculares necessárias, formação docente, produção de materiais didáticos e socialização dos saberes e fazeres, através de seminários e encontros pedagógicos.

Clique aqui para consultar o relatório.

 

Fim do conteúdo da página